quarta-feira, dezembro 26, 2007

Viver com medo

A minha casa foi assaltada há 2 semanas, num sábado de tarde, entre as 15h e as 16h. Por sorte, os meus pais estavam a chegar na altura em que os ladrões estavam ainda dentro de casa e estes, ao sentirem que alguém estava a aproximar-se, fugiram, não furtando nada.
À porta da minha casa estava um símbolo: uma seta, de cores azul e amarelo, com um prego no meio da mesma. Dizem-me agora alguns conhecidos que poderia isso ser uma marcação para que o assalto fosse efectuado. É no mínimo estranho...
Embora nada tenha sido furtado, vive-se agora com receio na minha casa. Não foi negligência que o assalto teve sucesso, pois todas as portas estavam bem trancadas. Os ladrões forçaram, aparentemente com uns ferros, a janela de minha casa e entraram por ali.
Existe um sentimento de revolta grande no seio da minha família. E uma angústia enorme sempre que a casa fica sozinha: vive-se com medo que novamente a nossa casa seja assaltada, sempre que alguém chega a casa liga a avisar que está tudo bem para deixar toda a gente descansada...
Para um advogado estagiário esta situação ainda é mais complicada do que para as outras pessoas: lidando eu, pelo menos durante a fase de estágio, com a defesa de pessoas que são acusadas de os mesmos crimes que recentemente fui alvo, não é fácil separar sentimentos e emoções que senti com o o que se passou comigo e a frieza própria que um advogado deve ter ao defender com todas as suas qualidades e empenho estas pessoas...
No entanto, vivo com medo. Medo de que um dos espaços mais sagrados da minha vida seja novamente violado. Medo de que possa surgir algum azar mais gravoso do que o que se passou agora e alguém se aleije. Medo que esta situação não seja esporádica, mas um começo de algo pior.

1 comentário:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Que o Novo Ano Vos traga ...
cor, calor, alegria, magia, energia, felicidade, simpatia, paz, saúde, amizade, amor, sentimentos, emoções, agitações, lágrimas e canções...tostões

Que cada dia de 2008 vos faça ...
sentir, sorrir, sonhar, imaginar , acreditar e Viver com toda a intensidade que merecem.
Aprendam, sintam, reagam, lutem pelo melhor,acreditem!

Que seja um Ano de...
paz, tolerância, compreensão, conforto, justiça e Amor

Que estes números mágicos... 2008 nos unam cada vez mais e intensifiquem a amizade que nos une e a cumplicidade que nos caracteriza. Sejam felizes e façam felizes alguém... todos os dias e por favor, cheguem ao fim do ano e digam:
Caramba, Valeu a pena!!!!
Desejo-vos o melhor ano de sempre, durante o qual alcancem os vossos melhores e mais secretos sonhos e que realizem e concretizem os melhores objectivos.
Beijinhos

BOM ANO!!!!!!!