terça-feira, dezembro 11, 2007

Mundial quê?

Portugal e Espanha em 2018? É que é já... a seguir! Até já estou a ver o jogo inaugural em Lisboa e a final em Madrid, a capital da Ibéria. Mais jogos em Espanha do que em Portugal, etc. Mundial'2018 na "Ibéria"?! Afinal, Saramago não é o único com o nível de estupidez em alta. A Saramago ainda se aceita este tipo de comentários pela velhice, mas os casos de Gilberto Madaíl e Hermínio Loureiro é mesmo estupidez natural. Está-lhes no sangue e é mais forte que eles.

10 comentários:

Pedro Sá disse...

Por essa ordem de ideias a Polónia iria integrar-se na Ucrânia e a Suíça na Áustria.

Pinokio disse...

Simplesmente ele está a dizer, e bem, que Portugal é bem capaz de organizar o mundial sozinho.

DJ disse...

Grande Pinokio! Finalmente alguém percebeu sem que eu tivesse que fazer um desenho!

Filipe de Arede Nunes disse...

Não acho que Portugal reuna as condições necessárias para organizar sozinho um mundial de futebol sénior. Não existem estádios suficientes. Os 10 que tivemos para o Europeu não chegariam.
Além do mais, se fosse organizado uma Mundial em parceria com Espanha, acharia perfeitamente normal que eles tivessem a final e mais jogos. É que são maiores e têm mais população.
Deveria ser de salutar essa ideia.
Abraço,
Filipe de Arede Nunes

Luís Rocha disse...

Eu acho que Portugal não deia organizar Mundial nenhum, ponto final.

Anda sempre tudo a cascar no despesismo e no mau emprego de recursos, mas para a bola já se pode gastar mundos e fundos.

Ganhai juízo!

Pinokio disse...

Eu acho que a maneira de pensar do filipe arede nunes e do luís rocha é uma ideia de quem não confia nas capacidades do país e de quem pensa pequeno. Lamento meus caros, mas 10 estádios são suficientes.No europeu o exigido não eram os 10 estádios, mas sim 8. A Alemanha construiu/remodelou 12 estádios, o suficiente. Tendo em conta que em Setúbal o vitória vai construir um novo estádio pago com o acordo já feito há muitos anos sobre terrenos da cidade e uma construtora, estádio esse quase gratuito, era mais um. Mesmo que fosse necessário construir outro, o valor que se iria ganhar neste caso em turismo e muitas outras coisas seria bastante superior ao que seria gasto. Neste caso seria um investimento pequeno para se ganhar bem mais, aquilo que qualquer privado faria, na sua busca pelo lucro. Dizerem que Portugal não é capaz de organizar um mundial é de quem pensa pequeno e não confia nas capacidades do país. Também ninguém acreditava que seriamos capazes de trazer o euro para Portugal e trouxemos. E atenção que eu nem ligo a bola, mas neste caso é puramente economicista a visão do ganho que Portugal teria.

Filipe de Arede Nunes disse...

Caro Pinokio.
Não disse que Portugal não seria capaz de organizar sozinho um Mundial de futebol sénior.
O que disse foi que me parece que Portugal não reune as condições necessárias para o realizar. Apenas 3 estádios têm mais de 50000lugares, sendo que os restantes quase não chegam as 30000.
O número de equipas num mundial é de 32 e não 16. A Alemanha no último mundial tinha disponiveis 12estádios, com capacidades nunca inferiores a 40000 lugares. O mundial da Africa do Sul contará com 10 estádios, mas também nenhum terá menos de 40000 lugares.
Seja como for, parece-me que um mundial co-organizado com a nossa vizinha Espanha seria uma boa ideia, mas não duvido da capacidade de Portugal organizar o que quer que seja.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Luís Rocha disse...

Desculpe lá Pinokio, mas o que eu quero dizer mesmo é que este país tem prioridades sobre a organização de um Mundial de Futebol.

Pinokio disse...

Filipe de Arede Nunes,
tal como o estádio de Braga durante o europeu aumentou o numero de lugares com a tecnologia implantada na altura, também se poderia fazer o mesmo nos outros estádios com menos de 30 mil pessoas. E o valor gasto nem era substancialmente grande.

Luis Rocha, aqui eu já disse que seria ver o que se ganharia e gastaria. É obvio que as prioridades devem ser outras, mais que óbvio. Mas um mundial em Portugal iria trazer mais dinheiro que iriamos gastar, logo gerava lucro. Será que nunca teve economia para perceber que economicamente é vantajoso para Portugal ter um campeonato mundial? Sem o querer ofender, parece-me já o Fausto Quadros nas criticas.

Luís Rocha disse...

LOL

Pinókio, vou levar a sério que não me quis ofender, mas por favor não me volte a comparar ao Canuto Fausto de Quadros.

Depois, se me apresentar provas concretas que demonstrem que o saldo pós euro2004 foi economicamente positivo, eu retiro o que disse.